Mãe, vou casar! E agora? #tip2: escolha do espaço

Ao termos ultrapassado o marco dos 1.000 likes no facebook, dei voltas e voltas à minha cabeça para pensar no que (de útil) podia fazer para agradecer a confiança e o carinho por seguirem a Mary Me.

Resolvi deixar alguns conselhos para os noivos que procuram um espaço e/ou catering para a sua boda. Espero que vos sejam úteis!

#1. Definir limites de preço por pessoa. É importantíssimo que estabeleçam um teto máximo e, não menos importante um valor base que considerem adequado ao que desejam para o vosso dia, sempre de acordo com o vosso budget total pois, facilmente, poderão ultrapassar. A maior parte dos espaços apresenta os preços sem IVA, por isso, estejam atentos.

#2. Estabelecer prioridades. Sentem-se os dois e peguem num papel e numa caneta (ou no tablet!) e definam o que consideram prioritário (por ordem decrescente) na escolha do espaço e do catering (ex: localização, rio/praia, espaços verdes, piscina, estilo de comida (e mesmo o que gostariam de servir no vosso casamento), grande/intimista, etc.).

#3. Aconselhem-se com profissionais. Existem inúmeros sites que anunciam variadíssimos espaços. Não se deixem iludir! Ver fotografias não é o mesmo que ver os locais e o que poderá parecer um bom catering, poderá ser uma grande desilusão no dia do vosso casamento. Procurem um/a Wedding Planner, i.e., uma figura imparcial, que conheça vários espaços e equipas de catering  que vos ajude a escolher ou que apenas vos aconselhe sobre os fornecedores que têm em mente.

#4. Selecionem 5 espaços para visitar. Não vale a pena verem mais e, se virem menos, ficarão sempre na dúvida "E se eu tivesse visto aquele local?!"... Façam todas as perguntas que entenderem necessárias e apontem-nas todas para depois estudarem em casa.

#5. Exijam uma prova antes de pagarem o sinal para reservar o espaço ou uma redução se o considerarem abusivo. Há um vasto leque de espaços que cobra valores exorbitantes pela simples reserva da data, o que, a meu ver, demonstra uma falta de transparência e não vos transmite confiança. Peçam para provar um prato que seja, antes de pagarem qualquer quantia ou mesmo para assistirem a um evento no local. Os fornecedores sérios irão ser flexíveis, quer seja na redução da quantia do sinal, quer na confiança em servir-vos um prato sem contrapartidas. Lembrem-se, contratos verbais valem o mesmo que escritos mas caso se sintam desconfortáveis com qualquer situação, falem sempre sobre a mesma e queiram celebrar um contrato por escrito para ficarem descansados.

#6. Contratem fornecedores que vos transmitam confiança. And last, but not the least, independentemente do que disse, é muito importante que tenham em mente que vocês vão querer, no vosso grande dia, profissionais de confiança e seriedade. Seja qual for o espaço ou catering, terão de sentir empatia desde o primeiro momento para que depois não voltem atrás na decisão e, acima de tudo, se evitem azares  no dia de casamento.

A mostrar DSC00625.jpg

A mostrar biblioteca.jpg

No Comments Yet.

Leave a comment